quinta-feira, 1 de maio de 2014

SONHOS DE UM PALHAÇO


Quando as luzes do teatro se apagam
O palhaço, pode dar vazão a sua dor
Lágrimas que em seus olhos paravam
Correm livre, no rosto, agora sem cor

Pois o palhaço, sofre, tem coração
Mas no palco, faz a plateia gargalhar
E é ali, no escuro, que ele da vazão
A dor que em seu peito esta a torturar

Dor por ter perdido, quem ele tanto amou
E que ninguém, poderá siquer, ali imaginar
Que a saudade, dentro dele se aninhou
E que quem ri, ali, é a pintura, a disfarçar

Pobre palhaço, que não tem direito a sofrer
Pois ali, no picadeiro, ele é somente a alegria
Não pode nem uma simples lágrima vir a verter
E amanhã, terá novo espetáculo, pois é um novo dia

POIS A MINHA VIDA ESTA SENDO ASSIM. COMO UM SONHO DE UM PALHAÇO, FAÇO TODO RIR MAIS COM VONTADE DE CHORAR, SEMPRE GOSTEI DE PALHAÇO, DESENHO PALHAÇO TODOS COM UM LAGRIMA NOS OLHOS, AGORA EU ENTENDO O PORQUE DE SUA LAGRIMA , É UMA TRISTE QUE TRAGO COMIGO QUE SÓ EU ENTENDO, PALHAÇO PARA MIM TEM HISTORIA S TRISTE E MUITAS RECORDAÇÕES QUE GUADO DENTRO DO PEITO, ACHO QUE SEMPRE SEREI ESTE PALHAÇO ALEGRE POR FORA E TRISTE POR DENTRO, MAIS O IMPORTANTE É QUE MESMO COM ESTA TRISTEZA EU CONSIGO FAZER OUTROS RIR E SE SENTIR BEM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário